fbpx

Blueberry oatmeal scones / Scones de mirtilo e aveia

I love bread! And there is nothing I can do about it! Sometimes I just have to eat it, even though I know I will likely feel heavy and bloated after. I found out that this is probably due to gluten or at least to wheat. So I have been looking and looking for alternatives that satisfy me. While I was living in New York I found some really nice brands of sprouted bread, and I was quite happy with it. But since I returned to Lisbon, the sprouted breads I found are not that delicious. I have been considering baking bread at home, but cannot find a recipe that seems doable. 

So I was quite happy yesterday when I found a gluten-free bread at my favourite biological supermarket. Of course it is not the same as ‘normal’ bread, but it is better than the sprouted breads. 
The same happens with all pastries! All are baked with wheat flour and so I try to stay away from them. This is however easier to overcome since there are several blogs dedicated to gluten free and vegan baking. I have been learning all the tricks to substitute eggs and white flour and sugar and have been quite successful, as you can see here. This time I had a lot of oatmeal as leftovers from making oat milk and so I decided to try to bake some scones. I followed a recipe by Dandelions on the Wall, with some slight modifications. Instead of rolled oats I included the leftover pulp and instead of maple syrup I included rice syrup and agave nectar. My extra was adding blueberries. It came out delicious! 
So for today’s brunch I had gluten free bread toast with ghee and a blueberry scone! And I realized that is possible to be gluten, dairy (apart from the ghee), sugar and egg free and have a wonderful and delicious breakfast! 
Here is the recipe (inspired by Dandelions on the Wall):
– 3 cups rolled oats (or leftover pulp)
– 1 1/2 cups gluten free flour mix*
– 1/2 tsp xantham gum
– 1/2 baking soda
– 1/2 tsp cinammon
– 1/4 tsp salt 
– 1/2 cup rice syrup
– 1/2 cup agave nectar
– 1/2 safflower oil
– 1tsp vanilla
– 1 1/2 well-mashed bananas
– 1/2 cup extras (blueberries, chocolate chips, raisins, etc)
Mix all dry ingredients; follow with wet ingredients and mix thoroughly; add extras and mix again. Place spoonfuls of the dough on a baking sheet and bake for 15-20 minutes at 180oC.
If you notice that you feel heavy and bloated after eating bread or pastries you may have a gluten sensitivity or intolerance. Try to remove food containing gluten (mainly wheat, rye and barley) from your diet for a couple of weeks and see if you feel any difference. If you want to know more about gluten and why it can cause intolerance, you can watch this video.
Eu adoro pão! E não há nada que eu possa fazer em relação a isso! E às vezes não resisto, e acabo mesmo por comer, mesmo sabendo que provavelmente me vou sentir pesada e inchada depois. Descobri recentemente que isso se deve provavelmente ao glúten, ou pelo menos ao trigo. Desde então tenho procurado alternativas que me satisfaçam. Enquanto estive a viver em Nova York, encontrei algumas marcas de pão germinado, e eram saborosos. Mas desde que voltei a Lisboa, os pães germinados que encontrei não são tão bons. Ainda considerei a hipótese de fazer pão em casa, mas não consigo encontrar uma receita que pareça fazível e que resulte. 
E por isso fiquei bastante feliz quando ontem encontrei um pão sem glúten à venda no meu supermercado biológico preferido. É claro que não é o mesmo que o pão “normal”, mas é bem mais saboroso do que os pães germinados.
O mesmo acontece com os bolos e bolachas! Todos são preparados com farinha de trigo e por isso tento ficar longe deles. No entanto, visto que existem vários blogs dedicados a receitas de bolos, bolachas e sobremesas sem glúten e vegan, é mais fácil cozinhá-los em casa. Tenho por isso vindo a aprender vários truques para substituir ovos e farinha branca e açúcar, e tenho sido bem sucedida, como podem ver aqui. Desta vez, estava-me a apetecer um bolinho, e como tinha bastante aveia, que me sobra sempre de fazer leite de aveia, decidi tentar fazer scones. Segui uma receita que encontrei no site ‘Dandelions on the Wall‘, modificando-a ligeiramente. Em vez de flocos de aveia, incluí a polpa de aveia e, em vez de xarope de mapple, incluí xarope de arroz e néctar de agave. O meu extra foram mirtilos. E sairam deliciosos!
Assim para o ‘brunch’ de hoje, comi umas torradinhas sem glúten com ghee e um scone de mirtilos! E percebi que é perfeitamente possível ter uma alimentação livre de glúten, laticínios (além do ghee), açúcar e ovos, e mesmo assim disfrutar de um maravilhoso pequeno-almoço!
Aqui fica a receita (inspirada no site Dandelions on the Wall):
– 3 chávenas de aveia em flocos (ou polpa de sobra)
– 1 1/2 chávenas de mistura de farinha sem glúten
– 1/2 colher de chá de xantham gum
– 1/2 colher de chá de fermento
– 1/2 colher de chá de canela
– 1/4 colher de chá de sal
– 1/2 chávena de geleia de arroz
– 1/2 chávena de néctar de agave
– 1/2 chávena de óleo de cártamo
– 1 colher de chá de baunilha
– 1 1/2 bananas bem esmagadas
– 1/2 chávena de extras (mirtilos, pedaçoes de chocolate, passas, etc)
Misturem todos os ingredientes secos; a seguir adicionem os ingredientes húmidos e misturem bem; adicionem os extras e misturem novamente. Coloquem bolinhas de massa em papel vegetal e levem ao forno durante 15-20 minutos a 180oC.
Se se costumam sentir pesados e inchados depois de comerem pão ou bolos, poderão ter uma sensibilidade ou intolerância ao glúten. Tentem remover alimentos que contenham glúten (principalmente trigo, centeio e cevada) da vossa dieta por algumas semanas e vejam se sentem alguma diferença. Para ficarem a saber mais sobre o que é o glúten e porquê pode causar intolerância, vejam este vídeo.

You may also like

Leave a comment